CategoriaTurismo

Incentivo fiscal a empresas aéreas não baixou preços das passagens

A conclusão é lógica e todos sabem, mas ganha peso maior ao ser dita pela Secretária de Turismo Ana Costa, secretária do Governo Robinson e do atual.
Sabe, portanto, que o caminho escolhido não chegou ao destino desejado.
Infelizmente o decreto não provocou incremento na malha por parte das companhias aéreas. A Gol foi a única companhia que deu a contrapartida ao instituir um voo internacional garantindo uma redução de de 17% para 9%.
O assunto também será discutido numa audiência pública da Assembleia Legislativa, mas pouco se esperar de efeito prático de lá..

O MURRO

O que seria do progresso da ciência sem os congressos, simpósio e seminários para propagação dos avanços e novidades?
E o que seriam dos estabelecimentos de turismo, receptivos (com suas respectivas receptivas) e assemelhados, se os cientistas, saudosos dos lares, não costumassem desopilar a mente depois de cansativos dias de trabalho?
Depois de uma noitada, digamos assim, exaustiva, eis que surge no café da manhã um colega com um chamativo curativo na mão.
Claro que todos perguntaram o que havia acontecido
Era o resultado de uma briga.
Um soco mais violento.
Todos muito curiosos em saber detalhes e desfecho.
Contou que depois de muito vinho e cerveja, havia se levantado para ir ao banheiro, quando se viu frente a frente com um homenzarrão, com pinta de boxer, já dentro do seu quarto de hotel.
Não contou conversa, tascou-lhe um violento murro com todas as suas forças.
O resultado foi uma mão fraturada.
E o prejuízo pela quebra do espelho que refletiu sua imagem.

Raio-X Marketing Carratu Digital

O Ranking dos 10 Melhores Países do Mundo para se Viver

Quarta-feira passada foi o Dia da Felicidade e nada mais apropriado pra terminarmos a semana com o ranking dos lugares mais felizes pra se viver.
A World Happiness Report, uma rede global de soluções sustentáveis, elencou variáveis-chaves que evidenciam o bem-estar e classificam o melhor lugar do mundo para se viver.
Os critérios analisados foram: renda, liberdade, confiança, expectativa de vida saudável, apoio social e generosidade.
Dez países tiveram alta classificação em todos os critérios acima e foram eleitos os melhores e mais felizes países para se viver…

Finlândia
Dinamarca
Noruega
Islândia
Holanda
Suíça
Suécia
Nova Zelândia
Canadá
Áustria

Viva a Felicidade!!

CONTA EM VENEZA

Programa vespertino très chic. Desses que Bebeto Torres, meu novo vizinho, classifica como bola dentro.
Local: Piazzetta de San Marco, Venezia.
Muita gente circulando.
Grupos de duristas bebendo e comendo pelas calçadas e sob os arcos dos centenários palácios.
Restaurantes com mesas ao ar livre, cobertas por toalhas imaculadas. Muitas, vazias.
E um pianinho que logo começou a tocar bossa nova.
Um clima sonhado para um fim de tarde pra lá de romântico.
Só que o dinheiro dos viajantes era curto e fazia-se necessário saber de antemão os preços dos drinques e petiscos.
Estavam dentro do orçamento.
Encontramos logo outros brasileiros.
Não somos difíceis de achar abroad. Viajamos fardados com camisas da seleção canarinho.
Até o gerente veio confraternizar, lembrando do tempo em que morou nos trópicos, casado com uma maranhense.
Arranhava um portitaliani razoavelmente compreensível.
Tudo saiu à perfeição.
Até a chegada da via dolorosa d’il conto.
O valor somado era mais que o triplo do pesquisado.
Quem senta paga mais, foi a explicação.
A tabela afixada, vogava somente para bipedestação.
Depois do italiano gastar todo seu rico português e meu colega até ameaçar chamar os carabineiros pra resolverem a parada, o nativo desistiu.
Disse que não nos entendia mais.
Foi aí que valeram as aulas do meu amigo no Ginásio de Padre Eymard:
⁃ Io capisco você, por que você non me capisca?

Parada Obrigatória

Pra não ficar chateando as pessoas o tempo todo, toda semana, vamos alternar nossa seção Parada Obrigatória. Uma semana será com um convidado, a outra será com dicas de alguma referência editorial da área de viagens e turismo.
Portanto, a Parada Obrigatória de hoje é Salvador/BA, eleita em 14º lugar no ranking 2019 dos melhores destinos para visitar pelo New York Times. O Ranking a seguir…

Porto Rico
Hampi, Índia
Santa Bárbara, Califórnia
Panamá
Munique, Alemanha
Eilat, Israel
Setouchi, Japão
Aalborg, Dinamarca
Açores, Portugal
Cavernas de Gelo de Ontário, Canadá
Zadar, Croácia
Williamsburg, Virginia
Las Vegas
Salvador, Brasil
Danang, Vietnã

Salvador é parada obrigatória pela sua cultura, musicalidade, culinária, pelos seus patrimônios materiais e imateriais que a terra de Dona Flor e seus Dois Maridos tem pra dar e vender. Cidade que saber fazer turismo e carnaval como ninguém nesse enorme Brasil.
A seguir as dicas do Jornal New York Times sobre Salvador…
“Com uma série de revitalizações, a capital baiana está em alta. Depois de se comprometer por cinco anos para conservar seu título de Patrimônio Cultural da Humanidade da Unesco, Salvador aparece mais preservada e moderna.”
“A terra vibrante e colorida vai muito além do Pelourinho, Elevador Lacerda e Praia do Farol. O centro histórico é repleto de igrejas, ateliês e museus, como o Museu de Arte Sacra (com uma vista privilegiada da cidade) e o Palacete das Artes, uma mansão histórica que exibe peças de Rodin. Para mergulhar mais no universo baiano, visite a Igreja de São Lázaro e São Roque, onde às segundas as baianas do candomblé dão um banho de pipoca para purificar a alma. Ou no verão, nas terças de noite, assista um dos ensaios abertos do grupo Olodum, no Pelourinho.”
“Não vá embora de Salvador sem experimentar sua culinária típica! Vá até o Largo de Santana ou o Largo da Mariquita para comer acarajé. Conheça as moquecas criativas do estrelado Paraíso Tropical. E visite o famoso restaurante Amado, com uma bela vista à beira da Baía de Todos os Santos.”

QUE BUSETA É ESSA?

Por mais afinidades que guardem entre si, alguns idiomas têm palavras que podem provocar grandes confusões.
Foi o que aconteceu com uma cunhada em viagem pelo pé de serra argentino.
Num intervalo de congresso científico, resolveu visitar uma vinícola.
Na corrida, crente que motoristas de táxi são as pessoas mais abalizadas para discorrer sobre economia e política, começou um papo que logo se transformou em constrangimento.
Na conversa, uma palavra recorrente doía no tímpano.
Não era condizente para ser dita na frente de senhora tão ínclita.
Assédio explícito , pensou logo.
Tendo escapado do perigo, ao chegar ao hotel, tratou logo de telefonar para a companhia de táxi e registrar a queixa contra o insolente chauffeur.
De Campina Grande, o maridão quase pega o primeiro aeroplano para resolver, à parahybana, aquele desagradável incidente.
Anos depois, ao combinar um passeio com uma anfitriã de fino trato, ficou sabendo que a pornofonia que causou tanta revolta na Argentina era também usada na Costa Rica.
Em ambos e em todos os países que hablan español, microônibus é buseta.

Aeroportos do Nordeste ganham parceiros de fôlego

Ancelmo Góis para O Globo
Ainda sobre o duelo de titãs entre as operadoras de aeroportos pela disputa de passageiros, principalmente turistas, com destino ao Nordeste: há também uma francesa na peleja, além da espanhola Aena (Recife) e da alemã Fraport AG (Fortaleza). Trata-se da Vinci, que administra o aeroporto de Salvador.
TL OPINA: O Rio Grande do Norte, que, em tese, briga com esses destinos pelo mesmo passageiro segue sem se movimentar. Apesar de já ter nascido privatizado e grande, o Aeroporto Aluízio Alves sofre com fechamento de lojas e perda de fluxo em razão do alto preço de combustível.
TL OPINA II: Sabendo do problema, o que Governo do Estado, bancada federal e Assembleia Legislativa podem?devem se unir pra fazer ?

Álvaro Dias articula parcerias em Lisboa

O Prefeito de Natal Álvaro Dias está em Lisboa participando da Feira Internacional de Turismo da cidade.
Na feira Álvaro esteve com o Presidente da APAVT Pedro Costa Ferreira, que comanda a associação portuguesa de agências de viagens de turismo. O Prefeito confirmou apoio para realização do evento Internacional Travel Academy, que reunirá em Natal, em outubro, mais de 300 agentes de turismo portugueses.
Também se encontrou com o diretor da TAP para a América Latina, Mário Carvalho. Negociações visando aumentar o número de voos semanais entre Lisboa e Natal.
Ponto positivo pra Natal!!

A Parada Obrigatória de Rose Varella

Hoje tem início mais uma seção da Coluna, a “Parada Obrigatória”.
A ideia não é trazer um roteiro de viagem, até porque cada um monta o seu, de acordo com suas necessidades e possibilidades.
Quinzenalmente, às sextas-feiras, um bom viajante vai nos contar alguma coisa (pode ser lugar, restô, museu, parque…) que, na visão ou opinião dele, é Parada Obrigatória.
Não poderia começar diferente. Rose Varella é uma viajante experiente, que tem pique, é uma ótima cia, viaja umas quatro ou cinco vezes ao ano e já criou roteiros incríveis, alguns deles vivenciados com este colunista.
A Parada Obrigatória de Rose Varella é… “visitar os Jardins de Monet, em Giverny, região da Normandia, na França.”
Segundo Rose…
“Se Você estiver nesta região entre os meses de abril a outubro, vale conhecer este fascinante lugar.”
“Partindo de Paris, pega-se um trem na Gare St. Lazaré e em 45 minutos chega-se a Vernon. Depois um pequeno trajeto de 7 Km de ônibus até Giverny e uma pequena caminhada de 5 minutos até a casa de Claude Monet, onde Ele viveu de 1883 até a sua morte, em 1926.”
“Pra mim, um lugar muito importante pois sou amante das artes e especificamente do movimento impressionista que Monet muito bem o representou, retratando os jardins que apareciam em várias de suas obras.”
“O local é um festival de cores que o transforma em uma obra de arte à céu aberto. A famosa ponte e suas plantas estão presentes em muitas obras do artista. É um lugar mágico que consegue transmitir paz e tranquilidade.”
“Bem próximo à entrada do jardim, a minha dica é se deliciar com a gastronomia francesa tradicional, no restaurante Baudy, um lugar histórico que foi frequentado por Renoir, Cézanne, Rodin e o próprio Monet.”
“Por isso tudo, faço deste lugar a minha Parada Obrigatória.”

A Mona Lisa Nua

Quem já viu a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, ao vivo, no Louvre, sabe o quanto Ela é simples, mas enigmática.
Uma equipe do Museu do Louvre acaba de confirmar uma suspeita levantada em setembro passado. O desenho à carvão de uma mulher de busto nu, do século XV, com feições parecidas e na mesma posição da Mona Lisa, é mesmo de autoria do pintor e escultor Leonardo da Vinci.
O esboço à carvão agora tem o nome de “Mona Lisa Nua”. A obra faz parte do acervo do Museu Condé, no Château de Chantilly.
Falando em Chantilly, o empresário Mário Barreto, expert em boas viagens, sabe tudo do norte da França e tem, há tempos, trânsito pelos castelos franceses.
Sem dúvidas, a Mona Lisa Nua vai atrair milhares de turistas e levar divisas à França.