Começa hoje a temporada dos mega leilões do Pré Sal

C

Enquanto finaliza os trâmites para o megaleilão da cessão onerosa, o governo dá largada nesta quinta-feira  a uma temporada de grandes leilões de petróleo no país, com três rodadas em menos de um mês, que devem fazer de 2019 o ano com a maior arrecadação já obtida com concessões petrolíferas no país.

Com potencial de arrecadação de até R$ 106 bilhões, o leilão da cessão onerosa é o mais aguardado. Mas a expectativa é que as outras duas rodadas garantam R$ 8,3 bilhões já este ano. Em 2018, também com três leilões, o governo arrecadou R$ 18 bilhões.

ALÉM DO PRÉ SAL

O primeiro deles, nesta quinta, oferecerá 36 blocos exploratórios fora do chamado polígono do pré-sal, área de 149 mil km2 entre os litorais de Santa Catarina e Espírito Santo, onde a Petrobras tem preferência nos leilões e o governo participação obrigatória nos consórcios. São áreas consideradas de alto risco. Dezessete empresas se habilitaram para participar. Somados, o bônus mínimo de todas as áreas chega a R$ 3,2 bilhões. O governo faz estimativa conservadora de arrecadação de R$ 2,3 bilhões.

Fora da área de petróleo esses leilões estão chamando a atenção dos políticos em geral, que acabaram de formalizar um grande acordo para permitir a divisão dos seus recursos, pelo Congresso,  entre Estado e Municípios, entrando a aprovação da Reforma Previdenciária.

Sobre o autor

Cassiano Arruda
Cassiano Arruda

Jornalista e escritor.

Adicionar comentário

Raio-X Marketing Carratu Digital
Cassiano Arruda Por Cassiano Arruda