Fátima peita MP e veta projeto de concurso publico

F

O legislador previu, escreveu e aprovou, o Ministério Púbico recomendou e, agora, fase final o projeto de lei  vetado parcialmente.

Claro, todo o direito tem a Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, mas não deixa de ser algo a se registrar. Logo ela, com bandeira da Educação. Logo ela a primeira de origem popular.

O veto atinge concurso para professores destinados a cursos profissionalizantes.

Eis trecho da razão do veto:

Ab initio, cumpre observar que, diferentemente do que ocorre no ensino regular, a oferta de cursos profissionalizantes obedece a uma demanda sazonal, isto é, a modalidade dos cursos a serem oferecidos pelo estado depende da necessidade de profissionais em determinado setor da economia. Sendo assim, a contratação de professores efetivos para tal fim seria inócua e não atenderia ao interesse público, visto que, finda a demanda, os docentes daquela área ficariam ociosos e seria necessário contratar mais pessoal para atender às novas demandas da sociedade potiguar, gerando gastos desarrazoados para os cofres públicos

DO TL Alguém já viu algum programa de candidato em eleição que não prometa priorizar o ensino profissionalizante como a solução de boa parte dos problemas da educação? Na prática, o discurso muda. E o vetos revelam.

Sobre o autor

Laurita Arruda
Laurita Arruda

Laurita Arruda , jornalista e advogada, com opinião formada sobre (quase tudo), observadora da cena e único compromisso; respeito à verdade! #TLvive #novoTL

4 comentários

Raio-X Marketing Carratu Digital
Laurita Arruda Por Laurita Arruda